6ª edição do Programa de Capacitação Total (PCT) movimenta profissionais do setor

Neste módulo, o tema foi Gerenciamento e manejo sanitário da maternidade e creches

Em sua última edição deste ano, o PCT contou com a parceria da Ourofino, empresa fabricante de produtos farmacêuticos para saúde animal, e teve a presença dos médicos veterinários e palestrantes Luciano Catelli e César Vacari. O mini- curso foi dividido em três momentos, o primeiro e o terceiro foram ministrados por Luciano, enquanto César participou intercalando os assuntos.

Catelli iniciou explanando sobre a importância dos cuidados sanitários na maternidade, tendo limpeza e desinfecção como palavras- chave do assunto. Segundo ele, a maternidade é o coração da granja, é lá onde tudo tem início, então os problemas, para que não progridam, devem ser detectados e tratados nessa fase. Para isso, ele explica que os cuidados devem existir desde a gestação, pois muitas das deficiências que os leitões apresentam ao nascer podem ser decorrentes de uma prenhez mal-cuidada, em que a suína não tem acesso a tratamentos apropriados, tais como condições sanitárias, de ambiente, temperatura e manejo nutricional – como ajustar quantidade de ração, aumentar teor de fibras e uso de probióticos e enzimas.

Nessa mesma apresentação, Luciano falou ainda sobre os principais objetivos da maternidade, além dos quesitos que devem ser observados, sendo eles: desmame de elevado número de leitões sadios, pesados e uniformes; mortalidade abaixo de 5%; ganho de peso diário acima de 200 gramas. Nesse sentido, explicou que a maioria das mortes ocorre até 24 horas após o nascimento, por isso, o período do parto deve ser incessantemente observado, visto que é o momento mais esperado pelos envolvidos no setor. Para que tudo corra bem, Luciano deu dicas de como se verificar a temperatura ideal, segundo ele não são necessárias técnicas sofisticadas para isso, basta bom-senso visual. Se os leitões estiverem amontoados, é sinal de que a temperatura precisa ser elevada; se estiverem muito dispersos, reduzida. Para finalizar essa etapa, explicou que o acesso ao colostro é fundamental, porque é ele que regula os níveis de imunoglobulinas, responsáveis pela imunidade do organismo do animal.

Após, uma pequena pausa para o coffe-break, o evento se seguiu com a palavra de César Vacari, que elucidou, em uma apresentação interativa, sobre números e custos que envolvem o cotidiano das granjas de suínos. De maneira didática, sugeriu que os participantes fornecessem números relacionados a leitões, matrizes e custos, fazendo, assim, alterações instantâneas que mudavam completamente o resultado final de sua planilha virtual.

Na terceira e última etapa da palestra, Luciano Catelli se restringiu a falar sobre o manejo correto em creches. Novamente falou sobre cuidados com higiene e desinfecção, explicando que é preciso observar todas as áreas da granja, incluindo teto, paredes, compartimentos, enfim. Luciano sugere uma comunicação constante entre todos os processos que envolvem a rotina de um local de criação. “Tudo precisa estar interligado, se algo não vai bem, em um nível, certamente causará problemas em outro”, disse. O evento se encerrou com o médico veterinário discorrendo sobre aspectos econômicos acerca da prevenção, onde concluiu que é melhor investir em medidas preventivas do que deixar o problema surgir.

Ao final do curso, mais uma vez, o clima foi de aprovação. “A palestra é interessante porque junta os profissionais que trabalham na granja, fornece conhecimento e ajudam no empenho dentro do trabalho.”, disse João Ferreira, funcionário da Granja Javali. “É muito importante estarmos diretamente ligados com funcionários do setor, para trazermos informações que são desenvolvidas dentro do laboratório, bem como para ter o retorno dos funcionários rurais.”, pontua Luciano Catelli, otimista com o fato de estar participando ativamente da atividade suinocultora.

 

Estado Kg/vivo
DF R$ 3,96


Fonte: CEPEA/ ESALQ
Válido de 08/12 a 14/12/2018

Valor acordado na bolsa de suínos realizada no dia 07/12/2018, às 14h, na sede da DFSUIN

Cotações anteriores (2018)

 

Panorama Semanal do Mercado Suíno

Veja Aqui

Informativo

8° FESTIVAL SABOR SUÍNO

Design: Conectando Pessoas - Criação de Sites e Marketing Digital